29 de abr de 2015

A importância de uma mulher



Recebi uma indicação sobre o tema “conquista de espaço da mulher na sociedade" para escrever aqui no blog, me peguei pensando sobre o assunto e observei que já tem bastante conteúdo sobre isso, aí pensei então sobre o que eu poderia escrever dentro desse contexto e resolvi que iria escrever sobre o por quê a mulher se tornou tão importante para mim, para isso vou usar como exemplo a passagem da minha esposa pela gravidez .

Bom, começamos essa viagem a partir do conhecimento da gravidez, momento mais do que especial, onde um turbilhão de emoções se afloram dentro da mulher, quão feliz ela não ficou quando sobe que a realização de um sonho seria concretizado! Mas não sabia o que estaria por vir, muitas mudanças, físicas, psicológicas e até filosóficas.

A primeira delas e talvez a mais importante, ela era fumante e teria que deixar de ser para que seu bebê não tivesse o risco de nascer com alguma doença causada pelo vício, mas como fazer isso? Um vício de mais de 10 anos que causa muita dependência e males teria que ser vencido? Será que ela iria conseguir? O amor de um filho vale a pena? Essa luta seria difícil, porém o amor para com o filho é maior, e essa mulher fez sua escolha!

E agora mais mudanças viriam, seu corpo estava sendo invadido por um outro ser, o que significaria que ele não era mais seu, e sim a nova casa desse bebê. Enjoos, fraqueza, desmaios, dores na costela, falta de ar, dificuldade de locomoção. Essas são algumas das barreiras físicas a serem superadas na gravidez.

Agora falando do psicológico muitas também foram as dificuldades, durante esse período a mulher precisa de muita atenção, a mudança de humor é constante, qualquer briga pode impactar no bebê, uma gravidez calma ajuda e bastante.

E os desejos? São muitos durante toda a gravidez (até hoje não sei dizer se são desejos mesmo ou se ela estava apenas aproveitando de um momento frágil para se beneficiar), a verdade é que até eu tive desejos, acho que foi a influência.

O tempo foi passando e a barriga crescendo, cada ultrassom eu via a felicidade em seus olhos, o amor e o carinho, cada chute de nosso bebê uma emoção diferente, a expectativa estava cada vez maior. A vontade de ter aquele bebê no colo,  abraça-lo e ver seu rostinho era imensa.

Acredito que o amor em sua forma mais pura é o entre mãe e filho.

Então chegou o grande dia, todos esses sentimentos foram misturados e adicionado a uma grande pitada de medo e ansiedade. Estava na hora, e agora uma grande dificuldade estaria por vir, o parto. Será que iria correr tudo bem? Será que iria doer? Apenas uma mulher é capaz de resistir à tamanha provação divina.

Para mim só o fato da mulher gerar um ser já é prova mais que irrefutável de que ela é um ser divino, que a mulher sempre foi e sempre será um ser extremamente capaz, evoluído e que sempre teve seu espaço na sociedade como protagonista da nossa existência.

Único ser capaz de suportar todos os obstáculos de uma gestação e após ela sair fortalecida, sair realizada, ou algum homem é capaz de sentir dor, mudanças físicas e psicológicas e ainda sair sorrindo? Impossível.


Parabéns mulheres, nós homens somos totalmente gratos a vocês, e sem vocês não viveríamos, aliás, nem existiríamos.

Autor: José Agenor Sapata

27 de abr de 2015

Exemplo que podem mudar nossa Sociedade "Gibiteca"


Hoje fique super contente ao ver uma matéria no Esquenta sobre um grande cidadão chamado Ronilço que começou a montar uma biblioteca com 120 gibis e hoje dispõe de mais de 20.000, conforme ele diz o gibi é uma forma de socializar a criança e fazer com que ela participe da vida comunitária. A ideia inicial era levar a leitura para as crianças e se transformou em um meio de levar leitura para a comunidade.

O ponto que mais me chamou atenção foi a ajuda dada pelo Fábio Porchat que doou uma Gibicicleta para ele, a qual permitiu ele levar mais leitura para as pessoas, além disso o Fábio ajudou na criação do café cultural Fábio Porchat e a levar livros para cinco terminais de ônibus de campo grande.

Parabéns ao pela matéria Esquenta, parabéns Ronilço e Fábio, vocês são os tipos de pessoas que precisamos no nosso mundo, que fazem a diferença, que agregam coisas boas para sociedade.

Abaixo a matéria na integra:



“O livro não muda o mundo, quem muda o mundo são as pessoas, o livro só muda as pessoas.”


19 de abr de 2015

A nossa fé


Graças ao batizado do meu filho, estou tendo encontros com pessoas boas da igreja, encontros esses que me fizeram refletir e escrever.

Por que nos afastamos tanto da igreja? Por que nos afastamos tanto da palavra de Deus? Alias em que época da minha vida isso aconteceu?

Refleti e lembrei me que quando morava no sítio meu pai fazia com que lêssemos a bíblia e rezássemos antes de dormir, talvez o fato desse ato ser obrigatório tenha criado uma barreira na minha psique e me retraído no futuro. Conversando com essas pessoas da igreja eles instruirão a nunca obrigar meu filho a fazê-lo, mas sim incentivar.

Mas não foi só nesse ponto que tenha perdido a proximidade, talvez a falta de respostas sobre a vida após a morte e o por que as pessoas nasçam deficientes ou com algum tipo de dificuldade tenha me feito procurar outra religião.

Isso me fez aprender que não existe religião errada, o Deus é o mesmo, o que existe é nossa fé, é o que acreditamos, é ser bom para com o próximo, é praticar a caridade!

O mundo de hoje também tem me feito afastar dessa igreja, o fato de sermos homens e pecadores, as notícias que vemos nos meios de comunicação, a corrupção chegando a lugares que deveriam ser exemplos. Mas quem sou eu para julgar? Sou apenas mais um mortal pecador, se eu não sou perfeito porque eles teriam que ser?

Talvez falte um pouco de vontade para as pessoas, talvez falte as pessoas seguir um pouco os mandamentos de Deus,  mas é tão difícil fazê-lo. É tão mais fácil fazer as coisas erradas, pecar, é tão mais gostoso fazer o que é errado. Então como posso culpar a igreja ou as pessoas que fazem parte dela se o problema está em mim? Se o problema está em nós.

Se as pessoas seguissem esses mandamentos deixados, nosso mundo não estaria de ponta cabeça como está, não teria pai matando filho e filho matando pai, não teria tanta corrupção, tanto ganância. Vejam o que algum dos  mandamentos poderia nos fazer mudar:

Amar a Deus sobre todas as coisas.

Quem ama a Deus ama ao próximo e não quer o mal do seu irmão.

Honrar pai e mãe.

Honrar e respeitar seus pais, seguindo isso veríamos uma mudança gigantesca na comunidade.

Não Matar.

Hoje as pessoas matam como se fosse uma coisa normal, as leis são absurdas e o amor em relação a vida do próximo está em baixa.

Não pecar contra a castidade.

O Mundo está desvirtuado em relação a sexualidade, a facilidade, a falta de valor próprio está fazendo com que cada dia fique mais difícil  respeitar esse mandamento.

Não furtar.

Quantas pessoas não furtam nesse mundo?

Não levantar falso testemunho.

O que mais se faz é falar mal dos outros nesse mundo e esquecemos da nossa vida.

Não desejar a mulher do próximo.

Se respeitássemos esse mandamento as famílias seriam muito mais felizes e unidas.

E não cobiçar as coisas alheias.

Isso já virou normal no nosso mundo, as pessoas até se esquecem que não cobiçar é um mandamento.


Bom, o mundo se perdeu, alias as pessoas se perderam e criaram seus próprios mandamentos, aquilo que lhes são convenientes. 

Não falta Deus dentro das pessoas, ele está aí, dentro do coração de cada um, falta as pessoas resgatá-los, falta as pessoas lembrar de Deus, tenho medo do fim do mundo, mas o que vejo é o fim das pessoas, se não resgatarmos Deus, a igreja e os mandamentos isso logo acontecerá, não tenho dúvidas!

Autor: José Agenor Sapata

15 de abr de 2015

Dois Sonhos



Essa noite estive em dois lugares,
Como posso vários mundos habitar?
Tantas formas diferentes de sentimentos,
Uma a beleza exuberante a paz no meu pensamento.

O primeiro lugar a felicidade me fez recordar,
Um local montanhoso, rico na fauna e na flora,
Colorido e que trazia o perfume que me fez amar.

Caminhei sobre essa paz,
Até um belo lugar chegar,
Um sítio, uma fazenda, não consigo recordar,
Sei que era tão lindo algo mais que te satisfaz.

Um lugar tão maravilhoso e exuberante,
Também pode trazer dor ao seu semblante,
Nessa cesta uma aranha viria a me picar
Trazendo depois desse sonho o meu despertar,

No outro a tristeza, o ódio, a dor e a morte,
E na guerra ele foi terminar,
Será que ela estar por vir?
Peço do fundo do meu coração, por favor não volte.

Já não sei mais o que é realidade ou ilusão,         
Sei que talvez seja muito para esse coração,
Fecho os olhos e vejo luz e escuridão,
Abro e vejo a realidade desse mundão.

Autor: José Agenor Sapata

1 de abr de 2015

Muay Thai


Falar sobre esporte sempre é bom, mas praticar é melhor ainda. São milhares os benefícios para a saúde de pessoas que praticam algum tipo de esporte. Bom hoje vamos falar sobre o Muay Thai, esporte que eu pratico há alguns meses e que tem mudado minha vida.

O Muay Thai é uma arte marcial originária da Tailândia, conhecida com a arte das oito armas, pois é uma combinação de golpes com punhos, cotovelos, joelhos, canelas e pés.

Ele foi desenvolvido há cerca de dois mil anos sendo hoje considerada uma das mais poderosas lutas do mundo. 

Ele tem como pontos fortes o desenvolvimento do condicionamento físico, concentração e auto confiança.

Existem alguns bons motivos para que você queira praticar o Muay Thai, são eles: metabolismo mais rápido, alto gasto calórico nos treinos, melhoria do sistema imunológico a longo prazo, músculos mais torneados, corpo mais flexível, mais força e agilidade, melhora na coordenação motora, auto-estima e melhora no condicionamento físico.

Algumas curiosidades sobre o Muay Thai:

  • O Muay Thai é o esporte nacional tailandês, logo após a Tailândia vem a Holanda como o segundo pais em praticantes de Muay Thai, seguido pela França.
  • A naja (cobra comum na Índia e sudeste asiático) é o réptil que representa o Muay Thai por ser a única entre os répteis a reunir sozinha todos os recursos mitológicos para fazer de um praticante um atleta quase imbatível.
Muay Thai emagrece?

Muitos procuram o Muay Thai na esperança de ter uma melhor condição física resultando no emagrecimento, isso é real? Sim, em um treino de 1 H a 1H e 30 min você pode perder até 1.000 calorias. Aí depende de você ter uma alimentação saudável para ajudar no processo de emagrecimento.

E o Muay Thai trás disciplina?

Também é verdade que o Muay Thai disciplina sim, os instrutores sempre estão falando sobre a disciplina, o uso adequado dessa arte marcial, além de ajudar a diminuir o estresse mental.

Você deve estar pensando e onde posso treinar?

Aqui em Extrema - MG temos o Dojô Terra onde pode-se praticar o Muay Thai com a professora Janaína, você terá um treino diferenciado que poderá proporcionar tudo que foi citado acima e ainda uma dose de diversão grátis.

Os treinos são Segunda, Quarta e Sexta, das 19 H as 20 H ao lado do campo do Biguds. O valor da Mensalidade é R$ 70,00

Quem quiser treinar ou saber mais sobre essa arte segue abaixo os contatos da Professora:

Cel: (11) 97485-4758
Email: janainarodrigueslopes@hotmail.com