27 de mai de 2013

"Echte Liebe"



"Echte Liebe" o que significa isso? Aposto que foi sua primeira pergunta ao ler o título desse texto.

Confesso que a primeira vez que vi Echte Liebe foi em um artigo, para expressar o amor à um clube de futebol, da falência ao sucesso tudo através do amor. 

Esse mantra significa isso: Amor verdadeiro, e se ele pode ser usada para descrever tal assunto por que não o amor entre as pessoas?

O amor palavra tão difícil de descrever, que tantos de nós procuramos, que está em falta nas prateleiras dos mercados e no coração das pessoas.

Agora o “Amor verdadeiro” esse sim acredito que está em extinção, mas não acabou e nunca irá acabar. Seria o amor entre mãe e filho o Echte Liebe”? Ou não? Seria capaz duas pessoas se amarem incondicionalmente e acima de tudo, sendo que seus laços não sejam sanguíneos e sim de afeto e carinho?

Particularmente acredito que sim, vemos casais hoje com mais 50 anos de casado unidos através do Amor Verdadeiro, que passaram juntos por muitas e muitas dificuldades e o amor prevaleceu. Não que seja fácil pelo contrário é muito difícil como tudo na vida, como tudo que se deve ser valorizado, conquistado com muito esforço e dedicação.

O amor verdadeiro, eu acredito que ele não seja esse sentimento que muitos confundem com a paixão e depois de algum tempo simplesmente falam que acabou. Esse Amor verdadeiro não acaba, se acaba é porque não era amor.

É tão fácil nos dias de hoje amar o dinheiro, amar o sucesso, a moda, os animais, o poder, o sexo, os excessos, os vícios, o futebol e muitas outras coisas mais...

Mas será que é fácil amar as pessoas?

Será que você ama seu irmão, seus pais, seus avós, sua namorada (o), verdadeiramente?

O amor verdadeiro é o amor simples, o simples desejo de estar com a pessoa em paz, e respeitar essa pessoa, perdoar, abraçar e dizer verdadeiramente “Eu te amo.”


Os mantras Tibetanos são entoados como orações repetidas, então se Echte Liebe é um, vamos entoá-lo com as atitude do dia-a-dia, amando, respeitando, e multiplicando essa dádiva uns com os outros.

Autor: José Agenor Sapata

22 de mai de 2013

Vendedor de Sonhos


Vender Sonhos em uma sociedade tomada pelo caos, pela globalização, pela maldade, onde as pessoas pensam em passar por cima dos outros para conseguir dinheiro, fama e vitória não é nada fácil nos dias de hoje.

Mas eu conheço alguém capaz disso e que usa o livro como grande ferramenta para mudar o pensamento de todos nós, Augusto Cury! Esse médico, psiquiatra e escritor que tenta semear a ideia de uma sociedade melhor.

Tive o grande prazer de ir em uma palestra dele onde maior prazer ainda tive de lhe fazer uma pergunta diante do auditório, para que entendam, nos livros O Vendedor de Sonhos ele cria um personagem o qual através de suas ideias e pensamentos tenta mudar essa sociedade capitalista, consumista e globalizada, esse personagem larga o dinheiro, a fama e poder depois de sofre uma grande perda a qual todo seu dinheiro não pode reparar. Fiz a seguinte pergunta para o Augusto Cury: 

-Você teria coragem de fazer tudo que seu personagem principal fez para modificar a sociedade? Largar todo seu dinheiro, poder e fama e correr como um anônimo em busca de um mundo melhor?

A resposta foi um sorriso e de imediato disse:

- De alguma forma eu já vendo sonhos, e através dos meus livros tenho uma capacidade de alcance maior que teria se saísse pelas ruas.

Simplesmente fantástico esse homem, acredita em uma sociedade melhor, no amor entre as pessoas, na simplicidade das coisas e em um mundo melhor.

Aqui algumas de suas frases que admiro muito:

“Quem ama o poder não é digno dele. Certamente o usará para controlar as pessoas e se perpetuar nele.”

“Apesar dos nossos defeitos, precisamos enxergar que somos pérolas únicas no teatro da vida e entender que não existem pessoas de sucesso e pessoas fracassadas. O que existem são pessoas que lutam pelos seus sonhos ou desistem deles.”

“Sábio é o ser humano que tem coragem de ir diante do espelho da sua alma para reconhecer seus erros e fracassos e utilizá-los para plantar as mais belas sementes no terreno de sua inteligência.”

“As grandes ideias surgem da observação dos pequenos detalhes.”

“Uma pessoa inteligente aprende com os seus erros, uma pessoa sábia aprende com os erros dos outros.”

“Os fracos julgam, os fortes compreendem. Os fracos são rígidos, os fortes são tolerantes.”

E ele tem um arsenal de frases muito boas, essas são apenas algumas.

Espero que um dia as pessoas possam não só ler seus livros, mas também mudar sua forma de pensar, de agir e de viver.


Espero poder um dia poder vender sonhos de amor, de alegria e de esperança como faz essa grande pessoa que é Augusto Cury!

Autor: José Agenor Sapata

20 de mai de 2013

Imperfeições



Por que sempre deixamos ela nos levar? É ela mesmo que você está pensando!

Esse negócio que faz com que não sejamos os mocinhos da história, essa pedra no sapato.

Mas essa tal imperfeição está presente não só na minha vida ou na sua, ela está presente na vida de todos nós, único ser perfeito que passou aqui na terra foi nosso querido Jesus cristo.

Aqui uma frase de Chuck Bass muito interessante sobre a imperfeição:

“Pessoas certas não existem. Somos todos errados procurando alguém que aceite nossas imperfeições.”

Então temos que aprender a lidar com nossas imperfeições e com as dos outros. Mas é difícil diante de tantas imperfeições como a ignorância, a arrogância, a timidez, os vícios, a ambição, a impaciência, a agressividade, a prepotência, a gula e tantos outros mais, como lidar com isso?

É uma grande batalha superar esses obstáculos, só quem passa por eles que sabe o que sente, a briga é travada contra nós mesmos e aí que fica mais difícil pois somos causadores dessas imperfeições, muitas vezes agimos conscientes e depois que tomamos a atitude aí nos perguntamos: O que foi que eu fiz? Muitas vezes essa luta é carnal, contra nosso corpo e nos deixamos levar por mero prazer momentâneo, depois sempre vem aquela pergunta: O que foi que eu fiz?

Já outras vezes essa imperfeição é uma coisa que já vem conosco de nascença como um problema físico ou de saúde, aí temos que nos acostumar em alguns casos e procurar a melhora em outros e não deixar com que isso se torne um empecilho na nossa vida, mas como? Com bom humor, vontade de viver apesar de tudo, exemplos de pessoas que tem uma situação bem pior e superam!

 E finalizo esse artigo com uma frase que gostei muito de Gandhi sobre as imperfeições:

“Minhas imperfeições e fracassos são como uma bênção de Deus, assim como meus sucessos e meus talentos, e eu coloco ambos a seus pés.”

Será que nossas imperfeições não vieram para que progredíssemos? O universo está sempre em expansão e progredindo, por que nós relés mortais não podemos? E nada como obstáculos e imperfeições para que possamos progredir.

Hoje quando colocarmos nossa cabecinha no travesseiro que possamos pensar sobre nossas imperfeições, o que podemos melhorar e como aceitar as imperfeições dos outros.

Autor: José Agenor Sapata

14 de mai de 2013

Amor Complexo.


Hoje acordei com uma vontade imensa de escrever uma poesia, mas comecei a pensar e lembrei que não sei fazer uma poesia, o que fazer?

Como sou curioso de mais, comecei a ler artigos de como fazer uma poesia, descobri que é complexo, exige técnica, conhecimento e inspiração.

Bom a primeira e a segunda eu não tenho, mas posso adquirir, já a terceira não me falta.

Uma das dicas que eu li fala que a poesia pode ser sobre algo que estamos pensando no momento, e no momento penso sobre a complexidade do amor então lá vai:

Amor complexo.

Como é complexo esse tal de amor!
Os dias passam, os dia vão,
Mesmo assim às vezes ele provoca dor.
Apesar disso nada de abnegação.

Tantas incertezas,
Uma dose de rancor.
Tanto sofrimento e tristeza.
És isso o amor?

As pessoas reclamam que não se acha o amor
Procuram, procuram e procuram!
Mas será que quando acham elas dão valor?

O amor é lindo e nobre,
Sentimento de amizade muito forte.
Não é aquela paixão ardente que as pessoas imaginam.
É um convívio, uma parceria que geralmente elas arruínam.

Autor: José Agenor Sapata

10 de mai de 2013

Como ajudar uma pessoa que não quer ser ajudada?



Quem não tem ou já teve uma pessoa da família que precisa de ajuda mas que não quer ser ajudada? Começo esse texto com essa pergunta e estendo ela não só aos familiares mas também aos amigos, colegas de trabalho e todas as outras pessoas.

Essa é uma situação extremamente complicada, muitos são os problemas que as pessoas enfrentam que pode levar a essa situação, o vício em álcool, drogas, sexo, em roubar e até mesmo as doenças da mente.

Mas como agir diante de tal situação?

Por exemplo, já vi casos de pessoas viciadas em bebidas que conseguem ficar um tempo sem colocar uma gota de álcool na boca, tem família, emprego, casa, tudo do bom e do melhor. E de repente tudo desmorona, através de uma recaída apenas, uma entrada em um bar para comprar um cigarro ou até uma bala, um convite para beber uma dose, uma recusa, mas outro convite e o pensamento “É apenas uma”, e aí parece que o chão se abre e o inferno vem até ali e engole tudo que estava bem por um tempo.

Aí não há mais nada que impeça e todo dinheiro do mês conquistado com tanto suor não vale mais nada, alias vale muitas doses de tristeza, de decepção, de impotência e inferioridade.

Aí quando o dinheiro acaba vem o arrependimento, e o telefone toca...  – Preciso de sua ajuda!

Nesse hora entramos em um momento de reflexão, será que devemos ajudar? Devemos sim ele é da família, uma pessoa que amo muito, mas se ajudarmos e vai fazer mais e mais sempre?

É não vamos ajudar vamos deixa-lo na rua para sofrer, mas se algo acontecer com ele, terá sido nossa culpa, culpa nossa!

É justo esse pensamento? Será que quem sofre é essa pessoa ou também sofremos com a situação?

Por muito tempo pensei assim, mas agora vejo que não, se algo acontecer com essa pessoa não terá sido nossa culpa, foi culpa das escolhas que ele fez, não podemos pagar pelos erros dele, temos o livre arbítrio, Deus nos deu o poder de plantar e colher.

Então o que podemos fazer? O que você pode fazer?

Rezar e nunca perder as esperanças, mas a força de vontade tem que vir da pessoa. Se ela não quiser ela não vai sair dessa.

Autor: José Agenor Sapata

6 de mai de 2013

Entrevista no Blog Jornalismo na Alma!


Olá caros leitores e amigos, firmamos uma grande parceria com o Blog Jornalismo na Alma, com isso foi me dado a oportunidade de ser entrevistado pela nossa amiga Paloma Viricio, segue abaixo link da entrevista:


Se possível curtam e compartilhem!

Muito Obrigado.

4 de mai de 2013

Decepção x Superação



Vou começar esse artigo com a frase do grande ídolo brasileiro Ayrton Senna - "A verdade é que todo mundo vai te machucar, você só tem que escolher por quem vale a pena sofrer." Nesse contexto quero transformar a palavra Sofrer em Decepção, concordo plenamente com ele, muitas pessoas vão te decepcionar, muitas vão te fazer sofrer, chorar, trazer os piores sentimentos que nem você mesmo sabia que existiam aí dentro. Diversos serão os motivos, traição, calúnia, injuria, inveja, ódio, rancor.. Tudo isso será motivo “sem motivo” para que as pessoas o decepcionem. Mas será que a decepção mata ou ensina a viver? Você nunca decepcionou ninguém? Nunca magoou?

Com essas perguntas te levo a uma reflexão! Quando passamos por uma decepção qual é a atitude correta? Levantarmos? Chorar? Entrar em depressão ou buscar a Superação?

Nosso grande amigo Martin Luther King diz sobre a decepção “Devemos aceitar a decepção finita, mas nunca perder a esperança infinita.”

Essa é a palavra exata que vai fazer a decepção se transformar em Superação “a esperança”, como sempre teremos a decepção na nossa vida acredito que temos que ter força e fé para superar, esse é um momento divino onde resgatamos tudo de bom dentro de nós e sobressaímos por todo aquele momento nebuloso e todas aquelas coisas ruins que nos cercam. É aí que o bem vence o mal, que através de um livro conseguimos respostas para nossas indagações, ou a conversa de um amigo, pai, filhos ou até mesmo de um estranho.

Quantos e quantos exemplos de superação não vemos por aí de pessoas que foram mutiladas, ou até já nasceram com deficiências capazes de trazer diversas dificuldades físicas e morais? E muitas dessas pessoas tocam sua vida feliz porque elevaram sua capacidade de superação acima da decepção.

Pensemos a vida é bela, linda e maravilhosa, temos que preparar nossas mentes para as maiores batalhas que podemos enfrentar, os maiores desafios e os piores problemas, só através da superação iremos conquistar a felicidade para nossos corações. 

Autoria: José Agenor Sapata