10 de mai de 2013

Como ajudar uma pessoa que não quer ser ajudada?



Quem não tem ou já teve uma pessoa da família que precisa de ajuda mas que não quer ser ajudada? Começo esse texto com essa pergunta e estendo ela não só aos familiares mas também aos amigos, colegas de trabalho e todas as outras pessoas.

Essa é uma situação extremamente complicada, muitos são os problemas que as pessoas enfrentam que pode levar a essa situação, o vício em álcool, drogas, sexo, em roubar e até mesmo as doenças da mente.

Mas como agir diante de tal situação?

Por exemplo, já vi casos de pessoas viciadas em bebidas que conseguem ficar um tempo sem colocar uma gota de álcool na boca, tem família, emprego, casa, tudo do bom e do melhor. E de repente tudo desmorona, através de uma recaída apenas, uma entrada em um bar para comprar um cigarro ou até uma bala, um convite para beber uma dose, uma recusa, mas outro convite e o pensamento “É apenas uma”, e aí parece que o chão se abre e o inferno vem até ali e engole tudo que estava bem por um tempo.

Aí não há mais nada que impeça e todo dinheiro do mês conquistado com tanto suor não vale mais nada, alias vale muitas doses de tristeza, de decepção, de impotência e inferioridade.

Aí quando o dinheiro acaba vem o arrependimento, e o telefone toca...  – Preciso de sua ajuda!

Nesse hora entramos em um momento de reflexão, será que devemos ajudar? Devemos sim ele é da família, uma pessoa que amo muito, mas se ajudarmos e vai fazer mais e mais sempre?

É não vamos ajudar vamos deixa-lo na rua para sofrer, mas se algo acontecer com ele, terá sido nossa culpa, culpa nossa!

É justo esse pensamento? Será que quem sofre é essa pessoa ou também sofremos com a situação?

Por muito tempo pensei assim, mas agora vejo que não, se algo acontecer com essa pessoa não terá sido nossa culpa, foi culpa das escolhas que ele fez, não podemos pagar pelos erros dele, temos o livre arbítrio, Deus nos deu o poder de plantar e colher.

Então o que podemos fazer? O que você pode fazer?

Rezar e nunca perder as esperanças, mas a força de vontade tem que vir da pessoa. Se ela não quiser ela não vai sair dessa.

Autor: José Agenor Sapata

6 comentários:

  1. Oi José, tudo bem?

    obrigada pela sua visita no meu blog =D Eu acredito muito no poder da oração e sempre que alguém está precisando, oro por essa pessoa. Mas claro que, nos casos como você citou, é extremamente necessário que a pessoa queira ser ajudada e queira de coração. Força de vontade é tudo.

    beijos
    Kel
    porumaboaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Sabe, nunca passei por uma situação dessas... e eu com certeza ajudaria, mesmo se fosse só um amigo!!! Muitas vezes a pessoa precisa de alguém ali dizendo que tudo vai dar certo, dando forças..

    ResponderExcluir
  3. Verdade Raquel verdade a oração tem um papel muito importante nessas horas.

    Camila, concordo com você tem que ver quantas e quantas vezes aguentamos ajudar, e parece que quanto mais fazemos mais essa pessoa faz errado.

    ResponderExcluir
  4. O pior é se sentir impotente por não poder ajudar esse alguém se quem gostamos..

    ResponderExcluir
  5. é horrível essa situação, eu e toda familia vivemos uma situação parecida com essa, uma pessoa que fica 15 dias ou até mais sem fumar, sem beber ou cheirar cocaína, mas quando começa quer sempre, não aceita ajuda, sempre acha que consegue ou que não é viciado, e não ora, canta um hino de louvo. Eu estou ficando doente com essa situação, já não sei falar com ele, acabo ofendendo com palavras e isso só tem piorado, prometo para mim mesma que vou ver tudo e ficar cada, porém não consigo acabo brigando com ele, quando chega drogado, eu gostaria muito de ve-lo feliz, pois é uma pessoa de bom coração, humilde, inteligente, mas valoriza nada disso, estar morrendo aos poucos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu te entendo perfeitamente, pois passo pela mesma situação,tenho um parente que é uma pessoa muito boa, mas que esconde muita tristeza dentro dela, porem quando está sobria é gentil, amavel, legal e auper inteligente... Mas, colocou uma gota de alcool na boca vira outra pessoa, desafia todo mundo, provoca, se eu tento ajudar ela debocha de mim, fica rindo, e eu fico sem saber o que fazer.. Como vou abandonar alguem tão proximo? Como vou ajudar? Fico nessa duvida cruel, se tento ajudar ou se desisto de vez... Infelizmente a ajuda só ira existir se partir dessa pessoa, eu sei disso... Mas mesmo assim dói demais, eu nao consigo dormir nem comer direito mais, passo o dia preocupado com essa pessoa! Me ajudem com uma luz..

      Excluir