29 de ago de 2014

Desabafo



Como pode uma mãe jogar uma criança fora? Literalmente jogar um bebê no chão! Quão cruel pode ser um “ser humano”, dizem que somos racionais, mas não tem nada de racional nessa atitude. Pasmem mas isso aconteceu mesmo, fiquei chocado ao saber, e essa criança foi deixa em um abrigo que já tem outras 11 onde está sendo cuidada, abrigo esse que necessita de míseros R$ 6000, para se sustentar, a prefeitura destina R$ 3000,00 para ajudar essa instituição, apenas R$ 3000,00, agora lhe pergunto: Seria tão difícil fazer um pouco mais por nossos próprios irmãos?

Agora vejo tanta gente reclamando do Governo, do nosso país, da corrupção. Mas me pergunto o que você está fazendo para mudar isso? Nada e nada. Alias você está fazendo churrascos e festas durante o final de semana e na semana reclamando do seu país.

Bando de hipócritas e sínicos que somos, o mundo está do jeito que ta porque nós deixamos isso acontecer, o poder e o dinheiro na mão de poucos, enquanto a maioria passa dificuldade e se mantém com os “bolsas” da vida. Não é culpa dos governantes, é culpa nossa, que matamos nossos país, nossos filhos, fazemos guerra por em nome de Deus, Alá, Buda e Jeová.

Hipócritas que não dão valor as verdadeiras profissões como a de médico e professores que salvam a vida e formam cidadãos.

Hipócritas que culpam o governo pela falta de educação e dentro dos seus próprios lares ou empresas não educam.


Ser Humano “racional”, tenho vergonha da nossa raça, tenho vergonha do que construímos nesse mundo.

Autor: José Agenor Sapata

27 de ago de 2014

A maravilhosa experiência de "Ser Professor"



Tem sido um desafio extremamente interessante para mim “ser professor”, mudei completamente minha visão sobre educar e ser educado. Quantas e quantas vezes não prestei atenção em algumas aulas ou até mesmo fui displicente em sala de aula.

Agora sei que o professor sente tudo isso de um aluno, ele consegue identificar aqueles alunos que se interessam, que se esforçam, que precisam daquela ajuda, e digo mais, o professor consegue identificar aquele que terá um futuro promissor ou aquele que não quer nada da vida.

O professor consegue identificar aquelas pessoas que tem mais dificuldade e aquelas que pegam mais rápido o conteúdo, o professor consegue identificar aquelas pessoas boas de coração que pegam o colega com maior dificuldades pelo braço e diz: “Vamos, vou te ajudar”.

O Professor consegue enxergar além dos indivíduos, ele consegue enxergar a alma de seus alunos, suas necessidades, suas dificuldades, suas aflições diárias, suas perturbações.

Como professor às vezes temos que ser rígidos, bravos, autoritários, mas também compreensíveis.

O professor tem uma parcela muito grande na formação das pessoas, não só na área em que ele aplica o conhecimento, mas também como formador de pessoas capazes de compreender a sociedade em que vivem, não só compreender mas como ajudar e respeitar.

Para Augusto Cury Educar “é semear com sabedoria e colher com paciência.”

Bom não sei até que nível eu supro as expectativas dos meus alunos, mas venho cada dia mais me esforçando, sei que estou longe de ser um professor perfeito, mas cada dia mais venho trazendo conhecimento para sala de aula e aprendendo com meus alunos.

“Um excelente educador não é um ser humano perfeito, mas alguém que tem a serenidade para se esvaziar e sensibilidade para aprender.” - Augusto Cury

Sabe qual a melhor parte de ser professor? 

É saber que de alguma forma você ajudou uma pessoa, nem que seja minimamente, mas saber que ela levará essa pequena chama e que pode se transformar em um fogaréu de conhecimentos.

Autor: José Agenor Sapata