19 de abr de 2015

A nossa fé


Graças ao batizado do meu filho, estou tendo encontros com pessoas boas da igreja, encontros esses que me fizeram refletir e escrever.

Por que nos afastamos tanto da igreja? Por que nos afastamos tanto da palavra de Deus? Alias em que época da minha vida isso aconteceu?

Refleti e lembrei me que quando morava no sítio meu pai fazia com que lêssemos a bíblia e rezássemos antes de dormir, talvez o fato desse ato ser obrigatório tenha criado uma barreira na minha psique e me retraído no futuro. Conversando com essas pessoas da igreja eles instruirão a nunca obrigar meu filho a fazê-lo, mas sim incentivar.

Mas não foi só nesse ponto que tenha perdido a proximidade, talvez a falta de respostas sobre a vida após a morte e o por que as pessoas nasçam deficientes ou com algum tipo de dificuldade tenha me feito procurar outra religião.

Isso me fez aprender que não existe religião errada, o Deus é o mesmo, o que existe é nossa fé, é o que acreditamos, é ser bom para com o próximo, é praticar a caridade!

O mundo de hoje também tem me feito afastar dessa igreja, o fato de sermos homens e pecadores, as notícias que vemos nos meios de comunicação, a corrupção chegando a lugares que deveriam ser exemplos. Mas quem sou eu para julgar? Sou apenas mais um mortal pecador, se eu não sou perfeito porque eles teriam que ser?

Talvez falte um pouco de vontade para as pessoas, talvez falte as pessoas seguir um pouco os mandamentos de Deus,  mas é tão difícil fazê-lo. É tão mais fácil fazer as coisas erradas, pecar, é tão mais gostoso fazer o que é errado. Então como posso culpar a igreja ou as pessoas que fazem parte dela se o problema está em mim? Se o problema está em nós.

Se as pessoas seguissem esses mandamentos deixados, nosso mundo não estaria de ponta cabeça como está, não teria pai matando filho e filho matando pai, não teria tanta corrupção, tanto ganância. Vejam o que algum dos  mandamentos poderia nos fazer mudar:

Amar a Deus sobre todas as coisas.

Quem ama a Deus ama ao próximo e não quer o mal do seu irmão.

Honrar pai e mãe.

Honrar e respeitar seus pais, seguindo isso veríamos uma mudança gigantesca na comunidade.

Não Matar.

Hoje as pessoas matam como se fosse uma coisa normal, as leis são absurdas e o amor em relação a vida do próximo está em baixa.

Não pecar contra a castidade.

O Mundo está desvirtuado em relação a sexualidade, a facilidade, a falta de valor próprio está fazendo com que cada dia fique mais difícil  respeitar esse mandamento.

Não furtar.

Quantas pessoas não furtam nesse mundo?

Não levantar falso testemunho.

O que mais se faz é falar mal dos outros nesse mundo e esquecemos da nossa vida.

Não desejar a mulher do próximo.

Se respeitássemos esse mandamento as famílias seriam muito mais felizes e unidas.

E não cobiçar as coisas alheias.

Isso já virou normal no nosso mundo, as pessoas até se esquecem que não cobiçar é um mandamento.


Bom, o mundo se perdeu, alias as pessoas se perderam e criaram seus próprios mandamentos, aquilo que lhes são convenientes. 

Não falta Deus dentro das pessoas, ele está aí, dentro do coração de cada um, falta as pessoas resgatá-los, falta as pessoas lembrar de Deus, tenho medo do fim do mundo, mas o que vejo é o fim das pessoas, se não resgatarmos Deus, a igreja e os mandamentos isso logo acontecerá, não tenho dúvidas!

Autor: José Agenor Sapata

Nenhum comentário:

Postar um comentário