29 de out de 2015

Goiânia


Sobre Goiânia o que dizer?
Bão demais da conta
Tem de tudo, para vários gostos satisfazer
Tem base um trem desse?

Um calor maravilhosamente escaldante
Que nos faz suar e muito hidratar
Nas feirinhas vemos muitos ambulantes
Felizes da vida ao seu trabalho desempenhar

As pessoas ali são de encantar
Ê gente boa!
Que a Galinhada sabem preparar
Junto com o pequi iremos degustar

Dô conta não
De viver num lugar tão bão sô
O jeito é voltar sempre
Ah, certeza que vou.

Peço a Deus para esse povo abençoar
Que a paz aqui possa reinar
E o amor divino em Goiânia sempre brilhar!

Autor: José Agenor Sapata

13 de out de 2015

Bons conselhos do astral


Li esse texto que me fez refletir:

Antes de irdes ao vosso centro, loja, cenáculo, igreja, templo, terreiro ou instituição iniciática, reconcilia-vos com os vossos inimigos antes da prece recitada em público, lamuriosa e poética, dedicai-vos tão abnegadamente aos vossos irmãos necessitados, de modo tal que nem vos sobeje tempo para orardes. Não julgueis a embriagues do irmão sem lar e sem animo para viver, mas estendei-lhe as mãos fraternalmente; abandonai o vosso veículo caríssimo e luxuoso, até que o infeliz e aleijado do vosso caminho tenha o seu carrinho de rodas. Reduzi a quantidade excessiva de ternos, que possuís, para que possais vestir alguns maltrapidos da vizinhança; diminuí o uísque e as compotas da vossa adega; para que sobre o pão ao faminto e vitaminas para as crianças anêmicas; economizai no gasto da boate, para socorrerdes a infeliz lavadeira que precisa de descanso, a parturiente que pede fortificante ou o operário desvalido que não cobre com o seu salário suas despesas mensais. Buscai colocação para o desamparado e para a jovem doméstica que luta com dificuldades financeiras; providencial medicamento para o doente deserdado e livro para o estudante pobre. 

Mensagens do Astral - Ramatís

5 de out de 2015

Espiritualidade


Durante muito tempo tentei me esconder da palavra Religião, apesar de estar tatuado em mim, foi um período trevoso, com muitas influências ruins, percalços e dificuldades. Perguntava-me onde estava aquele garoto bom, que pensava em ajudar as pessoas, em fazer um mundo melhor e não obtinha resposta.

Bom, a resposta estava mais próxima que eu pensava, apesar de ser tão simples era difícil de executar. Precisava de algo que me fortalecesse, que me impulsionasse a superar meus desejos e vícios, algo maior, algo supremo. Independente de religião esse ser supremo era Deus.

Acredito que todos nós temos que tê-lo como ser supremo, criador de todas as coisas, Pai consolador, ser justo e de amor!

Sempre me neguei a colocar coisas que falassem sobre religião neste blog, porque sempre achei um assunto muito particular, mas, devido aos atuais acontecimentos em nosso país, o qual não gostaria de repetir pois é um assunto que já estamos cansados de ouvir e devido a minha mudança de atitude quanto a espiritualidade, decidi falar.

Não irei por aqui criticar religião alguma, apesar de não concordar com certas coisas, irei eu em alguns momentos colocar citações das leituras que venho fazendo e também colocar a minha opinião de forma positiva.


Espero que gostem desse novo momento do blog!