11 de out de 2014

Eternamente avós


Hoje a missão é falar sobre os avós! Sou um tanto quanto suspeito para isso, criados pelos avós e declaro abertamente que eles foram as pessoas mais importantes da minha e vida e que mais amei.

Então irei usar isso a favor e como fonte de inspiração para esse texto.

Avós! Anjos em forma de gente presentes nesse planeta, são aqueles que temos admiração sem muitas vezes nem saber o porque, são aqueles que nos mimam desde o primeiro momentos, aqueles os quais corremos para o colo quando estamos tristes.

São os amigos para toda hora, e quão bão é a casa da vovó, recheada de coisas gostosas. E quantas e quantas vezes você não soltou aquela famosa: - Vó estou com vontade de comer isso. E lá vai nossa santíssima vó fazer, com uma dedicação, um amor que sempre sai maravilhosamente gostoso, do jeitinho que apenas a vovó sabe fazer.

E o vô que adora nos levar para passear, sempre nos dando os trocados da carteira. Lembrei que ficava horas e horas e horas sentado na calçada conversando com meu avô, ele contava suas histórias de quando morava no nordeste, vida dura, daria um livro facilmente. Já me ensinava a ser uma boa pessoa, boa parte do meu caráter devo a eles.
Sempre velinhos, com o charme todo especial deles, cheirinho de avós, jeitinho mais lento de andar, carinhos eles gostam de ganhar.

O único problema que vejo nos avós é o pouco tempo que temos para passar com eles, poderiam ser eternos como nossos sentimentos que ficam guardados em nossos corações.
Essa é minha simples homenagens a esses grandes, maravilhosos e especiais seres.


Amem e respeitem seus avós!

Autor: José Agenor

Nenhum comentário:

Postar um comentário