10 de mar de 2014

Sociedade des-sociada

Nossas redes sociais estão contaminadas, como nossas cabeças, a informação que nos chega é aquela manipulada pelo governo, que manipula a TV que nos manipula.

Milhões e milhões pagos de impostos todos os anos, e para onde vai esse dinheiro? Para as escolas que não tem nem cadeiras para os alunos se sentarem, ou para aquelas que não tem esgotos e paredes.

Tanto dinheiro nesses estádios de futebol, tanto dinheiro para os jogadores de futebol, é justo um jogador ganhar mais que os médicos e professores? O que eles fazem a mais ou mais importante que nossos verdadeiros heróis?

Isso só acontece porque concordamos com a desigualdade social, nossa ganância criou esse monstro e agora não conseguimos mais colocar os trilhos nos eixos.

Só queria lembrar que a Desigualdade existe e que somos conivente com ela.

Sei que essa palavra não existe mas "des-sociada" para mim significa tudo de contrário há uma sociedade.

Espero que gostem desse simples poeminha e que possam mudar de alguma forma esse contexto social.

Sociedade des-sociada
Mas eu não me canso de falar
Roubos, e roubos e mais roubos,
E eles não cansam de roubar.

Tantas pessoas passando fome,
Nem escola tem para estudar
E essa sociedade não muda,
Rouba nossa inocência, inteligência e não nos deixa votar

Escraviza o descansar dos velhinhos
Jogando-os nos asilos
Põe as crianças nos orfanatos
Que ficam implorando carinho


Só que o que fazemos para mudar?
O que fazemos para melhorar?
Minha casa, minha vida, minhas olheiras de tanto chorar
Peço, luto, tento, até um dia essa guerra terminar.

Autor: José Agenor Sapata

Um comentário: