7 de ago de 2013

Tempo Perdido

Gosto muito da Música Tempo perdido do Legião Urbana, principalmente o seu início “Todos os dias quando acordo não tenho mais o tempo que passou”, uma verdade tão óbvia né! Mas a partir dessa frase podemos ter a esperança de um novo começo, todos os dias quando acordamos, somos capazes de recomeçar, não importa o que foi feito ontem, mas sim o que podemos fazer hoje para melhorar.

Foi em uma clínica de recuperação a qual fui visitar um familiar que talvez tenha visto uma sequencia de cenas mexeram muito comigo, que me fez sorrir e chorar, ter esperança e confiar. Nessa clínica vi pacientes de todas as formas, jovens, adultos, mulheres, senhores de idade, pessoas que já estiveram lá uma vez, duas vezes, vinte e oito vezes. Vi seus familiares com sorriso no rosto, e nesse dia de visita vocês precisavam ver a alegria dos internados quando a visita estava para ser liberada, uma euforia tomava conta dessas pessoas, um sentimento que poderia causar até uma recaída, de tanta felicidade que eles estavam.

É impressionante vê-los, dizer que conseguiram, nem que seja por mais um dia, é uma batalha diária, que eles vencem com muita dificuldade, uma batalha contra as bebidas, as drogas, os medos e anseios, as vezes causados pela sociedade, as vezes causados pelos próprios familiares.

Vi pessoas acabadas pelo vício, algumas a droga deixou para sempre sua marca com deformações mentais e físicas, vi um rapaz com 18 anos que foi deixado lá, ele não me parecia um viciado, tinha uma deficiência mental, mas precisava apenas de um pouco de atenção, queria brincar, me abraçou, colocou sua cabeça no meu ombro e disse que iria sair de lá essa sexta, depois me disseram que da-li não sairia mais, abandonado pela família. E é nesses momentos que penso na imperfeição dos seres humanos, como tratamos com indiferença nossos irmãos.

Acho que no fundo essas pessoas que estão lá talvez sejam pessoas que precisam de uma atenção especial, precisam de carinho de amor, um dos que estavam lá quando fui apresentado estiquei a mão para cumprimentá-lo ele puxou minha mão e me deu um abraço de uma forma afetuosa, com carinho, com amor, talvez esse seja o amor verdadeiro que tanta gente procura, que é tema desse blog em diversos momentos e sempre será.

Então gostaria que todos refletissem com todo “O tempo perdido” que utilizamos para maltratar as pessoas, reclamar da vida, reclamar da falta de dinheiro, do nosso país e do nosso mundo, gritar palavrões contra  nossos irmãos na rua por um simples problema de transito, sermos arrogantes e mal educados.

E que tal utilizarmos esse tempo para fazer a caridade? Sermos bondosos com nossos irmãos, gentis com os velhinhos, carinhosos com nosso filhos, pais, esposas (os). Que tal fazer uma visita a uma clinica de recuperação? Ou um asilo? Ou um orfanato? Quem sabe lá não encontremos as respostas para nossas tristezas e pesares?

Queria que refletisse sobre o tempo perdido de nossas vidas, e que possamos de alguma forma transformá-lo em algo bom, em coisas boas, coisas que possam um dia olharmos para trás e dizermos:  “O tempo não me foi perdido”.




5 comentários:

  1. Sim, essa música é uma realidade. É fato tudo o que você disse! Devemos sempre pensar nos problemas, nas dificuldades e nas superações de todos os que passam por isso, porque as vezes somos insensíveis e egoístas pensando apenas em nós mesmos! E nos esquecendo de que lá fora tem uma sociedade que precisa mais da gente!
    Adorei seu blog, já estou te seguindo! Beijos.
    contornoperfeito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Valeu Natty, adorei sua opinião e saber que existem pessoas preocupadas com a sociedade!

    ResponderExcluir
  3. parabens mano pelo blog ja visitei esse lugar que vc foi é muito dificíl ver pessoas que nós amamos nesse lugar eu acho que depois que a gente passa por essas experiençia a gente dar mais valor a vida ao ser humano

    ResponderExcluir
  4. parabens mano pelo blog na vida em que vivemos as vezes passamos por situações complicadas más que devemos superar é dificil pra nós ter uma pessoa que amamos numa situação dessa com fé em deus ele vai conseguir com a força de todos da familia valeu mano

    ResponderExcluir
  5. Gostei do texto, meu caro. Eu adoro essa música também. Seria tão bom se as pessoas fossem mais sensíveis com o seu semelhante... O mundo seria muito melhor, sem dúvida. Seria este pensamento, algo utópico?

    Abraço!!!

    ResponderExcluir